Faça parte da minha lista de e-mails e acompanhe todas as atualizações!

Depressão: Por que procurar um psicólogo nessa situação?


depressão

A depressão acomete cerca de 5% dos brasileiros, segundo Organização Mundial da Saúde (OMS). Os números justificam o título dado à depressão: “o mal do século XXI”. Nunca antes se teve tantas pessoas depressivas, ansiosas ou em estágios intermediários destas patologias. Mais do que tristeza, mau humor ou desânimo, a depressão é uma doença e nem sempre é fácil identificá-la.

É normal ter estes sentimentos eventualmente, por motivos específicos e em momentos difíceis da vida, mas a persistência do sofrimento por mais de duas semanas pode significar que a situação é mais séria. Desânimo, falta de vontade para fazer atividades que fazia anteriormente, ausência de interesse em socializar, trabalhar ou estudar. Distúrbios do sono e da alimentação também podem acontecer e indicam uma possível depressão.

Alguns dos fatores que podem causar a depressão são:

- Experiências estressante física ou emocionalmente

- Traumas de infância

- Uso de álcool e drogas

- Problemas de saúde

- Alterações cerebrais

- Doenças cerebrais

- Problemas familiares

- Deficiência em neurotransmissores

Nem sempre há um gatilho evidente para a depressão, mas isso não quer dizer que ela não exista e precise ser tratada.

Os sentimentos mais comuns da depressão são:

- Pensamentos negativos

- Falta de esperança

- Culpa

- Redução de sensibilidade à dor

- Mal-estar constante

- Raiva, mau-humor e inquietação

- Fadiga

- Inquietude

- Incapacidade de sentir alegria ou prazer

- Autocrítica em excesso

- Problemas digestivos

- Agitação

- Dificuldades de concentração

- Mudanças no sono

- Sentimento de desespero

Apenas um dos sintomas não configura depressão, mas sim vários deles combinados às características pessoais. Apenas um profissional capacitado pode identificá-la.

Por que procurar um psicólogo?

Pode até ser que a pessoa não esteja efetivamente em depressão, mas independente disto, sentir-se mal não é normal, tampouco saudável. Logo, se você tem alguns destes sintomas busque um profissional. O psicólogo, independente da linha de trabalho, ajudará você a sair dessa situação.

Pode parecer um pouco estranho contar seus problemas a alguém que você desconhece. Por outro lado, logo nas primeiras sessões é possível notar os benefícios. O psicólogo não receita remédios, logo, o trabalho é estritamente terapêutico e vale-se de técnicas variadas e que dependem do problema do paciente.

As sessões duram em torno de 50 minutos à uma hora e visam, em um primeiro momento, conhecer o paciente, entender os gatilhos emocionais e traçar um plano terapêutico. Claramente, é preciso ter uma conexão entre paciente e psicólogo para que o processo flua.

O processo é profundo e capaz de transformar a vida da pessoa. Não há um tempo específico de terapia, isso varia do grau de depressão e dos avanços que ela consegue realizar.

Além disso, se você conhece alguém que apresente sintomas de depressão, tente ajudar com uma conversa – mas saiba que ela não substitui o profissional! Estimule a pessoa a buscar um psicólogo e tratar a depressão de maneira adequada.

Se você precisa de ajuda ou quer indicar um psicólogo para alguém que precisa, entre em contato, por e-mail ou telefone, para marcar um consulta. Nós podemos auxiliar você a passar por este momento difícil.


Posts Destacados
Posts Recentes
Siga na Redes Sociais
  • Facebook Long Shadow
  • Instagram Social Icon
  • RSS Social Icon
Procure por Tags
Nenhum tag.